Pretende-se, todos on-line com todos, utilizar este espaço como um fórum acerca das questões sobre a Freguesia da Barreira. Não só as do quotidiano mas também as decisões estruturais, de fundo, que irão bulir com a qualidade da vida de todos os habitantes desta freguesia. No Presente e no Futuro. Barreirenses são todos os que povoam e amam esta terra.(Ver também http://dispersamente.blogspot.com)

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Anomalia na edição do link para a secção de leitura do Correio da Barreira

AVISO
Na composição da última versão da página da Barreira na qual se tem acesso à leitura do "Correio da Barreira" verificou-se, durante algumas semanas, uma anomalia no link para a edição de Fevereiro de 2006, que, entretanto, foi detectada e já está operacional.
Deste facto apresentamos as nossas desculpas.

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

CORREIO DA BARREIRA - Ed. de Fevereiro 2006

Está disponível em http://barreira.no.sapo.pt/cb.html a edição de Fevereiro de 2006 do "Correio da Barreira". Também se podem ler, neste endereço electrónico, outras edições deste mensário para além de outra informação sobre a freguesia da Barreira.
Lamenta-se que este suplemento não possa abarcar mais notícias e informação sobre a freguesia da Barreira, concelho de Leiria, mas, na actual conjuntura, parece que há alguma dificuldade em se encontrarem pessoas disponíveis para colaborar.
Julga-se ser dos planos da actual Junta de Freguesia passar a editar um "Boletim Informativo". Não perfilho esta ideia. Preferiria que se chegasse a um consenso e que se aproveitasse a existência do mensário "Correio da Barreira" para veicular a informação desse "Boletim", o que se poderia traduzir, inclusivé, num melhor aproveitamento dos meios disponíveis, em pessoas e em finanças, públicas e privadas.
A freguesia da Barreira merece muito mais e melhor informação, atempada e pormenorizadamente. Não nos podemos esquecer que a população desta freguesia está a aumentar exponencialmente muito graças ao incremento imparável das novas e florescentes urbanizações, no Telheiro, nos Lourais (de cima) , na Barreira propriamente dita e noutros locais. As pessoas que estão a chegar, todos os dias, a esta freguesia, precisam dum maior enquadramento até para ajudar à sua integração plena na vida das suas instituições. Vamos continuar a assistir, impávidos e serenos, a que cada uma das novas famílias que se vão instalando nesta área continuem (até quando?...) a manter e, nalguns casos até a reforçar, primordialmente, os laços que os ligam aos seus lugares de origem?
Quantas não estarão a sentir a indiferença dos naturais da freguesia, nomeadamente dos dirigentes das suas instituições?
Até quando é que a Barreira se vai manter num dormitório desta região da área de Leiria?
Não desperdicemos a mais-valia que poderá vir a revelar-se a inclusão dos novos residentes na vida activa na freguesia da Barreira!
Estamos à espera de quê? Que as pessoas apareçam à missa e pronto, começam a mostrar-se à comunidade católica, está tudo feito? Sou católico, vou à missa tradicional de fim-de-semana, quando me apetece, mas isso não é suficiente para nos preencher a vida. Há mais vida para além dessas manifestações religiosas!
É imperioso e urgente convocar os novos residentes a participar na vida da terra para onde vieram viver, que não só para dormir!...
Em jeito de nota de rodapé, porque não começar a participar, com comentários e informações, as mais diversas, no Blog " http://correiodabarreira.blogspot.com " na certeza de que muitas dessas participações poderão passar a ser trabalhadas e publicadas neste mensário?
A informação escrita em papel há-de continuar a ser a que mais intimamente nos tocará, aquela que conseguirá transmitir os nossos sentimentos e emoções e nos permitirá ter sempre à mão a informação actualizada e susceptível de nos permitir o enraizamento na terra que adoptamos para passar uma boa parte do tempo da nossa vida.
António Nunes

Acerca de mim

A minha foto
Um Viseense tão Leiriense como os que o são... O que me vai ocorrendo...